logo teologia nordwste

 " A caminhada da Igreja Latino-Americana, Povo de Deus, rumo à Libertação, começou com as 'decisões' de Medellin, em 1968. Não podemos perder esta referência. O evento de Medellin, seus apelos e decisões foram para a Igreja do continente um 'evento conciliar' (Concílio Vaticano II , reinventado no nosso contexto) e uma manifestação do Espírito, como um verdadeiro 'Pentecostes'. Daqui a importância destas reflexões de Eduardo Hoornaert". (equipe do site)

 

Questionamentos após Medellin: o sacerdócio

Questionamentos após Medellin: o ritualism

Questionamentos após Medellin: a pobreza

 

"Os dois textos, a seguir, de autoria de Eduardo Hoornaert, estão relacionados. Recomendamos uma atenta leitura e uma correta interpretação dos termos 'anarquista, anarquismo' "..(equipe site)

 Marxistas, comunistas, anarquistas: uma reflexão após a vitória de Trump nas eleições americanas.

 E se o Papa Francisco for anarquista? Considerações em torno da 'Teologia do Povo'.

 

Veja também:

QUANDO A IGREJA BRASILEIRA REDESCOBRE IBIAPINA

O PAPA FRANCISCO E A LUTA PELA PALAVRA 02 

O PAPA FRANCISCO E A LUTA PELA PALAVRA (01) 

A DIFÍCIL ARTICULAÇÃO ENTRE O JESUS DA FÉ E O JESUS DA HISTÓRIA 

EM MEMÓRIA DE FREI FERNANDO DE BRITO 

HELDER CÂMARA 1943-1984: A SURPRESA FEMININA

POTENCIALIDADES HISTÓRICAS DO ‘ENCONTRO DE IRMÃOS’ (RECIFE 1969-1985)

HELDER CÂMARA 1955: A IRRUPÇÃO DO EVANGELHO

A ‘REGRA DE VIDA’ DE HELDER CÂMARA

HELDER CÂMARA EM PERSPECTIVA HISTÓRICA

O PAI NOSSO, VERSÍCULO POR VERSÍCULO

A ‘CORTINA ECLESIÁSTICA’

JESUS TEVE MEDO DE MORRER?

JESUS JUDEU

ALGUNS APONTAMENTOS HISTÓRICOS ACERCA DA SAGA DE NATAL

EM BUSCA DE JESUS DE NAZARÉ

A TRANSCENDÊNCIA DO ATO CONJUGAL

IMPORTÂNCIA HISTÓRICA DO DIA 31 DE OUTUBRO DE 1517

O PAPA FRANCISCO NA COLÔMBIA

Reflexões em torno de Comunidades de Base

JESUS LÍQUIDO

EM BUSCA DE JESUS IRÔNICO

Onde o Papa Francisco e São Paulo se encontram

JESUS SALVA?

O QUE SIGNIFICA ‘IGREJA EM SAÍDA’?

A LEITURA BÍBLICA NA IMINÊNCIA DE TSUNAMIS

O CRISTIANISMO É UMA RELIGIÃO?

A QUESTÃO DO SACERDÓCIO CORPORATIVO