logo teologia nordwste

 

                                                                                Santa Fé, distrito de Solânea, Paraíba

01 de dezembro de 2019

1º domingo do Advento do Senhor Jesus!

 

Querida Família Missionária

Amigas e Amigos do Caminho de Jesus

 

Paz e Bem!

Para o ano 2020 vimos comunicar-lhes uma novidade para a Escola de Formação Missionária que durante tantos anos funcionou no Centro de Formação de Mogeiro.

Recordemos a sua história. A Escola de Formação Missionária surgiu em Juazeiro em 1989, atendendo a algumas dioceses do Nordeste, entre elas Guarabira. Como a procura aumentou e a viagem dos participantes da Paraíba era longa e dispendiosa, foi criada uma filial em Guarabira na Paraíba, em 1991, com todo apoio de Dom Marcelo que foi um dos bispos fundadores. Funcionou em diversos centros nas cidades de Bananeiras, Guarabira e Solânea (Santa Fé).

Em 2002 foi transferida para o centro missionário da cidade de Mogeiro. Lá existe um espaço bem aconchegante, construído para a Formação Missionária, o que diminuía os custos de hospedagem.

A Escola de Juazeiro (BA) e sua filial na Paraíba (primeiro em Guarabira e depois em Mogeiro) contavam com um modesto apoio financeiro de AMA e de Adveniat. Por motivos práticos de transferência das doações, a ajuda de Adveniat ficou para a Escola de Juazeiro (BA) e o recurso de AMA ficou para a Escola Missionária de Mogeiro. No final de 2009, AMA anunciou sua decisão de retirar-se do financiamento de projetos no Brasil, priorizando os países do leste europeu. Realizamos as jornadas de 2010 e 2011 sem recursos, contanto apenas com a ajuda das comunidades e amigos, dos participantes e dos ex-alunos. O desejo de prosseguir era tanto que todos assumiram os sacrifícios. Coincidia também com a mudança de Pe. José Comblin para a Diocese de Barra, deixando uma nova Coordenação para cuidar do legado.

No final de 2011, o então novo Bispo da Diocese de Guarabira, Dom Lucena abraçou a Escola e fez uma nova solicitação à Adveniat; foi prontamente atendido, pois já era conhecido o trabalho da Escola Missionária. Mas Dom Lucena preferiu que permanecesse em Mogeiro por motivos econômicos. Em 2017 Guarabira recebeu novo Bispo, Dom Aldemiro Sena dos Santos, que sugeriu que a Escola viesse para o território da Diocese de Guarabira, propondo como local o Memorial Pe. Ibiapina.

Reunidos no Seminário de Formadores das Escolas, em Juazeiro, no mês de maio de 2019, a coordenação da Escola de Mogeiro e a Articulação Geral das Escolas refletiu sobre a questão. Os motivos que nos fizeram decidir pela mudança foram: 1) A insistência do Bispo e dos agentes diocesanos de Guarabira para que a Escola estivesse na Diocese. 2) A pouca aceitação do projeto de formação na Arquidiocese da Paraíba. É verdade que o novo Arcebispo da Paraíba, Dom Delson, visitou e celebrou a formatura na Escola em Mogeiro em 2017, se entusiasmou com a proposta de formação, mas não teve eco entre o clero e os agentes. 3) A proposta da Escola funcionar no Memorial Padre Ibiapina, onde temos o exemplo deste grande missionário nordestino e onde estão sepultados o fundador da Escola, Pe. José Comblin e grandes missionários como o Pe. Cristiano Muffler, colaborador incansável das Escolas.

Assim, em novembro fizemos a transferência da Escola para o Memorial Padre Ibiapina. O Centro de Formação de Mogeiro, fundado por Pe. José Comblin, tem um significado forte na história dos missionários e missionárias. Por isso este espaço tão significativo, simbólico e simpático que abrigou a Escola desde 2002 e o grupo de Missionárias do Meio Popular desde 1987, continuará sendo uma referencia e local de apoio. Seguirá como Centro de Formação Paroquial e também para atividades extras dos grupos missionários, inclusive a Escola (retiros, assembleias, estudos, etc).

Sabemos que tudo é provisório. A Escola da Paraíba tem uma história itinerante, nada impede que possa mudar novamente, conforme o sopro do Espírito e o contexto eclesial. Sempre aprendemos com Pe. José que o essencial é a Missão que contempla os mais pobres, nunca devemos estar apegados ao temporal. A essência é seguir a Jesus e Ele nos leva por onde não pensamos...

Queremos lembrar as palavras do Papa Francisco nestes dias: Entre tantas coisas penúltimas que passam, o Senhor hoje quer nos lembrar a última, a que permanecerá para sempre. É o AMOR, porque Deus é Amor e o pobre que pede meu amor me leva diretamente a Ele. ... Eles (os pobres) nos revelam a riqueza que nunca envelhece, a que une Terra e Céu e pela qual vale a pena realmente viver, isto é, o amor!

Recordamos também as palavras de nosso saudoso fundador, Pe. José Comblin: Seguir a Jesus Cristo não será fixar-se numa atitude imutável, mas pelo contrário, aceitar viver a plenitude do momento presente sem o prolongar, recomeçar a cada instante, recolocar em questão. Se Deus se apresenta no movimento, a fidelidade a Deus consiste em se mover. (Comblin, O provisório e o definitivo, Ed. Herder, SP, 1968, p. 158)

 

Assim queremos comunicar a todos e todas que estaremos iniciando a nossa Jornada Intensiva de Formação no dia 03 de janeiro de 2020, no Memorial Padre Ibiapina, com a chegada dos participantes. E no dia seguinte, dia 04 teremos a Celebração da Eucaristia, às 17.00 hs. – contamos com a presença de quem puder estar conosco.

 

Teremos muita alegria com a sua presença na abertura ou no encerramento ou quando for possível em sua agenda.  Venha visitar a Escola durante o período de seu funcionamento: de 04 de janeiro a 03 de fevereiro. Contamos também com as suas orações pelo bom êxito desta obra que a Deus pertence!

Aproveitamos a todos para desejar um Santo Advento: que este tempo prepare  o nosso coração e todo o nosso ser para seguir com entusiasmo no anúncio da Boa Nova: nosso Deus é um Deus Conosco! PRESENTE!

 

 

Com a nossa saudação fraterna,

Em nome da Articulação e da Coordenação da Escola

 

 

 

Coordenação: Ma da Soledade, José Domingos, Everaldo, Sebastiana, Giveraldo, Luiz Henrique, Brilhante, Nilza e Fátima. Assistente Espiritual: Pe. Hermínio Canova