logo teologia nordwste

Os irmãos do Mosteiro Discípulo Amado, em Planalto, Abreu e Lima, estão propondo a realização de um retiro espiritual no Advento vivido em situação de rua, aberto a quem quiser juntar-se a eles. A proposta já foi notificada a Dom Fernando, nosso Bispo. Este acolheu, abençoou e pediu que nos entendêssemos com a Pastoral do povo da rua, o que está sendo feito desde alguns contatos recentes e outros por fazer. Passamos a apresentar a proposta para conhecimento de quantos se sensibilizem.

Motivação: vivência da espiritualidade monástica/contemplativa que é nosso carisma, numa situação de periferia geográfica e humana, na oração e na gratuidade da presença entre as pessoas de rua, de quem receberemos a motivação da intercessão, louvor e adoração do Corpo de Cristo na Eucaristia e na pessoa dos invisíveis e anônimos.

Dias 20 a 22 de dezembro 2019.

Local de referência: igreja de Santa Cecília, na rua da Conceição, Boa Vista, Recife, sede da Pastoral de rua, perto da concentração de grande número de moradores de rua.

Dinâmica: partindo do ponto de referência da igreja de Santa Cecília, dividiremos o tempo entre a oração formal da Liturgia das Horas (Ofício Divino), da Leitura orante solitária e comunitária, adoração do Santíssimo Sacramento, num clima de grande silêncio (manhãs) e as visitas a locais onde se pode encontrar moradores de rua dispersos pelo centro da cidade, em grupos de dois ou três dos participantes (tardes). As noites serão como uma volta para contar o vivido. Voltar para as ruas para ficar com os moradores durante a noite fica à escolha. Haverá possibilidade de ir para suas casas ou abrigar-se na própria igreja.

Propõe-se no Domingo 22 um ágape envolvendo as pessoas de rua para isso convidadas, em horário a ser previsto.

Participantes: além de membros do Mosteiro Discípulo Amado e da Associação dos Missionários e Missionárias do Campo, membros da Pastoral do povo de rua, agentes de pastoral, pessoas desejosas de algo semelhante como alimento de sua fé no seguimento de Jesus.

Condições de participação: disposição de viver intensamente a solidariedade ao povo da rua, imagem de Jesus, vivendo naqueles dias a ele bem próximo no alojamento, refeição e proximidade, na plena gratuidade. Tudo será partilhado. O Que trazer: colchonete ou papelão para dormir, lençol e objetos de uso pessoal. Quem está interessado/a nessa aventuta espiritual ligue para o Ir. João Batista. (82) 99617 2910.