logo teologia nordwste

MARIA E O CHÁ DE REVELAÇÃO

Hermínio Canova. Por intermédio de Juliana Henrique, de João Pessoa, recebemos este vídeo/reflexão e mensagem natalina da teóloga Ana Ester, de Belo Horizonte. “Maria e o chá de revelação” é uma reflexão sobre a narrativa evangélica de Lucas 1,26-56. Quando nasce uma criança nasce também uma mãe. Trata-se de um belo, humano e competente exemplo de leitura e de hermenêutica bíblica feminista. Ana Ester é teóloga e doutora em Ciências de Religião. É clériga ordenada da Igreja Metropolitana de Belo Horizonte. 

Reflexão para o Natal de 2020. As celebrações de Natal podem ser, para nós dissidentes sexuais e de gênero, um momento difícil de convivência e de exposição da intimidade. O texto de Lucas 1:26-56 pode nos ajudar a pensar sobre isso.
 
Ana Ester, é jornalista e teóloga, mestra e doutora em Ciências da Religião. É clériga ordenada e membro da Igreja da Comunidade Metropolitana de Belo Horizonte. Colunista da Revista Senso. Atua principalmente com os temas: religião e sexualidade, teologia queer e teologia feminista.
 
Fonte: canal do You Tube: Ana Ester, teóloga.