logo teologia nordwste

 

Alder Júlio Ferreira Calado

 

Como bem planejada, a exemplo do que aconteceu em várias comunidades nordestinas (em Sergipe, na Paraíba, em Pernambuco, no Ceará…) aconteceu ontem, 31/10/2021, no Santuário de Santa Fé, Solânea- PB, mais uma jornada de comemorações celebrativas desses acontecimentos. Uma das marcas mais fortes da vida missionária itinerante de Frei Roberto Eufrásio de Oliveira é o sentir-se permanentemente vinculado a caminhada comunitária do povo dos pobres. Daí decorre sua proposta de celebrar seus 50 anos de ordenação presbiteral, junto às dezenas de comunidades com quem partilhou sua ação missionária, pelas estradas do Nordeste. Nestas linhas, tratamos de resumir brevissimamente aspectos mais impactantes da experiência do encontro de Santa Fé. Tocante o reencontro presencial de tantos amigos e amigas de Frei Roberto, representantes de tantas comunidades, especialmente da Paraíba: de Cuité, de Capim, de Caiana dos Criolos, de Marí, de Várzea Nova, da Associação dos Missionários do Nordeste (AMINE), da Associação dos Missionários e Missionárias do Campo, da Associação Árvore, das Escolas de Formação Missionária, do Grupo Kairós, além de tantos amigos e amigas, companheiros de caminhada. 

A programação iniciada por volta das 8:30, estendeu-se pela manhã e pela tarde, culminando com a celebração da Ceia do Senhor, preparada com tanto esmero, bem ao modo das SEBs e dos vários organismos da Igreja na Base.

Ao longo do dia, sempre entremeados de cânticos e de ciranda, tivemos a oportunidade de rememorar os principais acontecimentos característicos desses últimos 50 anos de caminhada da Igreja dos Pobres, por meio de amigos e amigas da caminhada, tais como Pe. José Floren, Frei Roberto, João Batista Magalhães Sales, Mônica Muggler, Elenilson Delbiro dos Santos, sempre complementados por tantos outros participantes. 

Outro aspecto a ser destacado é a série de relatos e testemunhos edificantes compartilhados por mulheres e homens representantes das várias comunidades junto as quais Frei Roberto desenvolveu parte de sua ação missionária itinerante.

Estas linhas não têm a pretensão de dar conta da riqueza experienciada. Certamente, outras pessoas se encarregarão de nos brindar com um relato a altura do acontecimento. Por enquanto, apenas para assinalar alguns aspectos, tratamos de compartilhar a tabela abaixo (incompleta), contendo diversos acontecimentos, dentro e fora da Igreja, vivenciados, principalmente entre 1985 a 2000.



DATA

Realidade Mundial

Igreja dos pobres

1965

Guerra Fria, Fim da Guerra do Vietnam, Independentização de nações africanas, Consolidação da Revolução Urbana, Ditaduras no Cone Sul

Encerramento do Concílio Vaticano II, Pacto das Catacumbas, Encontro de Grupo de Teólogos em Cuernavaca – México, Dom Hélder Câmara, Arcebispo de Olinda e Recife. Retorno de José Comblin ao Brasil, a Recife. Fundação da ACR (com animação do Pe. José Servate e outros) . Expansão progressiva das CEBs.

1966

Ascensão de Movimentos Rebeldes na América Latina.

Assassinato do Padre Camilo Torres (Colômbia).

1967

Início da Rebelião dos estudantes, na Tchecoslováquia; Assassinato de Che Guevara, na Bolívia

Publicação da “populorum progressio”, do Papa Paulo VI

1968

Intensificação do Movimento Estudantil, desde a França, nos EUA, Brasil e em vários países do mundo; Ascensão dos Movimentos Negros nos EUA – Martin Luther King; Ascensão do Movimento Feminista, inclusive como reação à Encíclica Humanae Vitae, que proibia o uso de anticoncepcionais; Passeata dos Cem mil, AI-5, no Rio.

Ascenso do Movimento Sacerdotes para o III mundo; perseguição ao Padre Comblin pelo texto-subsídio feito, a pedido de Dom Helder, para a II CELAM em Medelín.

1969

Corrida armamentista/ corrida espacial, aterissagem na lua). Golpe dentro do golpe se aprofunda, 

Assassinato do Padre Henrique Pereira Neto, em Recife. Corrida armamentista e corrida espacial. Início da Teologia da enxada (em Tacaimbó e em Salgado de São Felix

1970

 

“Nordeste – Homem Proibido” (documento da ACO). Nascimento e expansão das PCIs

1971

 

“Uma Igreja da Amazônia em conflito com o latifúndio e a marginalização social”

1972

 

Expulsão do Padre José Comblin do Brasil. Criação do CIMI

1973

Golpe de estado no Chile (Pinochet)

Eu ouvi os clamores do meu povo

1974

MDB ganha eleições estaduais

Criação da CPT

1975

 

I Intereclesial das CEBs, em Vitória- ES

1976

Golpe militar na Argentina

Criação da CPO. II Intereclesial das CEBs, em Vitória - ES

1977

 

Exigências cristãs de uma ordem política (Documento da CNBB)

1978

Aumento das mobilizações sindicais em torno do ABC

Criação da PJMP. Realização, na Paraíba, do III Intereclesial das CEBs. Falecimento do Papa Paulo VI e eleição do Papa João Paulo II.

1979

Início do Movimento Pró-PT. Retorno dos exilados, por força da lei de anistia. Revolução Nicaraguense.

Realização da III SELAM, em Puebla.

1980

Resistência à Ditadura, em El Salvador. 

Martírio de Dom Oscar Romero. Fundação do CEBI. Realização em SP do Congresso Internacional Ecumênico de Comunidades Cristãs. Encontro, em Itamaracá, de avaliação e planejamento das atividades missionárias no Nordeste; retomada das missões populares no Nordeste, sobretudo por meio da AMINE.

1983/84

Início da mobilização pelas Diretas Já

Fundação do Centro de Formação Missionária em Serra Redonda

1984

Fundação do MST. 

Punição do teólogo Leonardo Boff pela publicação do livro “Igreja: Carisma e poder”.

1985

Diretas Já

Sínodo das Américas: retrocesso para a Igreja na Base.

1986

Eleições gerais para Assembléia Constituinte; Eleição do presidente Sarney (“Nova República”) 

Dom Hélder é substituido por Dom José Cardoso, protagonista do desmonte da Igreja na base; criação do movimento dos peregrinos e peregrinas do Nordeste

1987

Início da Assembléia Constituinte

Assassinato do padre Josimo Tavares, apoiador das lutas pela reforma agrária; Fundação do Centro de Formação missionária feminino, em Mogeiro

1988

 

Criação da Associação dos missionários e missionárias do Nordeste

1989

Queda do Muro de Berlim

Fundação da escola de formação missionária, em Juazeiro-Ba

1990/1991

Invasão do Iraque

 

1992

 

Realização das IV CELAM, na República Dominicana (rememorando os 500 anos de colonização)

1994

 

Fundação da Associação Árvore; Fundação da Fraternidade do discípulo amado; fundação da escola de formação missionária, em Santá Fé-PB e de outras escolas em Floresta-PE, Esperantina- PI...

2002

Eleição de Lula

 

2003

Primeiro governo de Lula

 



João Pessoa, 01/11/201