Amigos! Amigas!

 

Chamo encarecidamente sua atenção para este acontecimento que estamos organizando. Trata-se do Ato celebrativo a ser realizado, no próximo domingo, dia 29 de outubro, na Capela ecumênica da UFPB, em João Pessoa, com uma dupla finalidade: - rememorar os 500 anos da reforma; - orar e refletir sobre as urgentes reformas das estruturas da Igreja Católica Romana, em solidariedade inclusive ao profético apelo do Papa Francisco.

Este acontecimento está sendo organizado em muitos países, em distintos continentes em que grupos, associações e movimentos de católicos e católicas se veêm mobilizando, há décadas, no sentido de se fazer valer o atendimento a um clamor que vem ecoando, há mais de meio século, pelo menos desde o concílio Ecumênico Vaticano II, por reformas urgentes, tais como:

- Seguir antes o Evangelho do que o Código de Direito Canônico

- Restituir a todos os batizados, não apenas à hierarquia, o direito de participação na organização de nossa Igreja, em suas diferentes instâncias de decisão, conforme já sugerido na Lumen Gentium e, mais recentemente muito bem sublinhado pelo Papa Francisco, em sua Exortação Apostólica Evangelii Gaudium.

- Participação, ao lado dos clérigos, na tomada de decisão relativa ao conjunto dos católicos e católicas, em toda as instâncias eclesiais.

- Reconhecimento da legitimidade das mulheres vocacionadas a exercerem, assim como os homens vocacionados, todos os ministérios eclesiais, ordenados e não ordenados.

- Reconhecimento da legitimidade de católicos e católicas, ordenados e não-ordenados, de escolherem livremente seu estado civil.

- Aprimorar e aprofundar o esforço ecumênico de unidade dos cristãos, a partir de iniciativas tomadas na base das distintas Igrejas Cristãs.

 

Este clamor que, por dezenas e dezenas de movimentos, de associações (não só de leigos e leigas) e grupos veem ecuando, nos diversos continentes encontra uma oportunidade propícia, por acasião das comemorações dos 500 anos da reforma, desde a afixação na porta do templo de Wittenberg, na Alemanha, em 31 de outubro de 1517, das famosas 95 teses assinadas por Martin Lutero. Tratamos de rememorar este feito, num gesto de abertura fraterna com nossos irmãos e irmãs reformados, e ao mesmo tempo, externando nosso compromisso de contribuir para as urgentes reformas da Igreja Católica Romana, ajudando o Papa Francisco a levar à frente seu empenho em “reparar” descaminhos, sempre lembrando que “Ecclesia Semper Reformanda Est”.

 

Reiterando nosso convite de sua participação no ato celebrativo, no próximo domingo, na Capela Ecumênica da UFPB, às 9 horas, também convocamos as comunidades, grupos, associações e movimentos de católicos e católicas, em suas respectivas localidades, a estarem em comunhão conosco, organizando vigílias, orações e reflexões, tendo como alvo os pontos acima propostos pelos grupos, associações e movimentos de católicos e católicas espalhados pelo mundo.

 

Fraternalmente,

Kairós Nós Também Somos Igreja,

membro do IMWAC – International Movement We Are Church.